sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Primeiro Post

Quero esse batom *-*
Hey! Finalmente estou utilizando este espaço aqui (ufa!) não aguentava mais ficar mexendo no HTML para ele ficar perfeito (ficou #nograu sqn)!
Para quem não se lembra de mim (ou não me conhece mesmo) eu sou a Dona do blog Delicadíssima, que ficou no ar aí por uns dois anos, mas que acabei perdendo o domínio por causa de alguns "leitores", enfim... isso entra no tema da carta.

Fiz uma centena de blogs, como o Old Dimension, o Cute Web Design... e todos foram jogados no lixo. Ah! Acho que cansei (ah, põe cansei nisso! hunf!) de ficar falando de design e tal. Você, leitor atual de blogs, sabe muito bem o que está acontecendo na blogosfera. Do nada surgiu uma chuva de blogs falando só da mesma coisa... e nem vou citar aqui os temas, porque todo mundo já sabe muito bem do que estou me referindo, né?

Não, não, eu vou citar sim: moda, moda, moda, esmaltes, moda, mulheres loiras, moda, esmaltes, meninas perfeitas do tumblr, moda, skatistas, moda, esmaltes, maquiagem e mais 74 vezes tudo isso aqui (tudo). 

Eu só tenho uma mensagem a dizer a estas "blogueiras": vocês não representam a mulher brasileira real. Vocês representam padrões de beleza que muitas vezes, nem vocês mesmas possuem. 

Não, nem eu, nem você é aquela garota perfeita, do cabelo liso, do olho azul (mesmo amando olhos claros), do rostinho fininho e corpo perfeito que aparece nas campanhas publicitárias. 

Eu sou uma brasileira, mestiça dessa menina "pura", do cabelo liso e do olho claro com aquela outra, negra pura e outra indígena, também pura, esquecida e abandonada pelo mundo da moda e da beleza, que ainda tenta encontrar um modo de se encaixar em algum lugar neste mundo, pois não consegue ver ninguém com a sua semelhança nas revistas e nos desfiles por aí.

E é isso que eu quero que a blogosfera nos mostre: que todos nós podemos fazer parte do mundo da beleza.

Antes que alguém fale, não sou contra a moda (particularmente não gosto mesmo, opinião pessoal), sou contra as atitudes que estilistas, editores e revistas possuem em relação a mulher africana, asiática, ameríndia.

Ah, vocês me conhecem. Sabem o quanto eu odeio tudo isso, desde os tempos de Delicadíssima. Enfim, acho que é isto. Eu vou deixar aqui a página do blog para vocês curtirem se desejarem ler novos posts. E muito obrigada por ler o meu primeiro post aqui. Espero que seja o primeiro de muitos.

Beijos, Madaha.

17 comentários:

  1. Falou tudo, alguns blogs estão falando da mesma coisa e estão super iguais. Eu acabo acessando sites de beleza americanos e europeus por causa disso, os daqui estão muito iguais, sem criatividade...

    http://www.cerejasnotopo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente precisamos de blogs de qualidade aqui no Brasil, porque o negócio tá ficando feio.

      Excluir
  2. Só de ver que você já é feminista, já curti muito o blog. Grrrrl Power always <3. É tão bom ler blogs que saem um pouco das temáticas da blogosfera hoje, ou seja, voltando a blogosfera de antigamente. Nada contra maquiagens, pois até leio blogs sobre, mas o que me deixa bolada é o foco apenas nisso. E como você bem disse, em um padrão de beleza que não corresponde em nada a maior parte das mulheres. Até pra achar tutoriais para maquiagem para pele negra, a maioria são gringas. O que é triste.

    Porém mudando de assunto, acredito que tu possa e deva fazer vários posts e continuar com esse blog. É um desabafo, ok na frente de um monte de gente, mas ainda assim, é reconfortante rsrs. Enfim, bem vinda novamente a blogosfera! Até a próxima. Obrigada pelo comentário no meu blog. Beijo.

    http://omeunaoincrivelmundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ~COLA AQUI AMIGA~ assumidíssima! Hahaha! Pois é, também curto muito maquiagem, mas poxa, todo mundo falar só nisso e tipo, não tem outra coisa para focar não? Apenas um nicho enche o saco.

      Obrigada pelo apoio! ;)

      Excluir
  3. Madaha, tamo JUNTA! Quando eu comecei na blogosfera, lá em 2006, eu também fazia isso, falava só de design e fazia meus layouts na omildads auehueheuhe
    Depois fui vendo no que tava se transformando e decidi não fazer parte disso. Aos poucos, a vontade de mudar tudo o que via e quebrar tabus foi tomando conta de mim e aí criei o Nosferotika. Afinal, a fia aqui é descendente de índio e italiano e sempre sentiu na pele o que era não ser aquela branquinha, patricinha... as vezes eu ia contra isso só pra fugir dos padrões, mas aos poucos fui percebendo que eu posso gostar de coisas de "menininha" sem deixar de ser quem eu sou. E pra me convencer disso foi bem difícil... e convencer os outros? Nem tento. auehueheuh
    Mas além disso, o importante é mostrar mesmo que a beleza e vaidade é pra TODAS nós, independente de raça ou credo. E não só isso, que podemos sim ser o que quisermos sempre.
    E quem é aquela nêga na fila do pão pra dizer ao contrário e/ou cagar regra?
    Ninguém, né? Pagar minhas contas que é bom ninguém curte. auehueheuheh
    E sim, já comecei a seguir aqui e tô doida pra ver o que você vai trazer pra gente!
    Bêzo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aah lubbyh ~COLA AQUI CULEGA~ tu me entende então! Sofria fazendo lay free kkkkkk era lecal ç.ç mas enjoa né... Eu também fui muito contra a moda por conta de sempre me sentir que nunca estava bonita. Afinal, eu tenho uma cara de não sei o que e isso me dificultava achar um apoio estético kkk Penso como você, quem é que tem tanto poder assim para nos julgar... só mamae mesmo koapsijiofakjiosidjf

      Excluir
  4. Concordo completamente.
    Eu sou mistura daquela menina negra com a menina indígena, uma mistura do nordeste com sudeste, de pele negra amarelada e cabelos crespos e pele feia, gorda e totalmente fora dos padrões da sociedade. Que ama batom escuro, cachos e coturno, que ñ se importa em ser perfeita mas gosta de se arrumar.
    Amei essa carta. E falou comigo também, pois meu blog também fala de make up. Me serviu de alerta pra não cair nesse mesmo erro.

    E que venham seus novos posts, tô ansiosa.


    Beijo, "vizinha".
    | Facebook | Instagram | WS | Blog |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que eu falo cah, as pessoas postam sobre maquiagem. Até aí belezaum, mas tipo, ficar falando só sobre isso é foda. O leitor não quer apenas isso. Sinto falta dos blogs antigos que falavam de musica, de pessoas, de tribos, de points e um montão de coisas que as pessoas esqueceram.

      Penso que ficar maquiada não deve ser a melhor coisa do mundo. Tem tanta coisa aí fora para a gente aproveitar!!! Continue escrevendo sim sobre make! hahahaha

      Excluir
  5. Heyy! Seja bem vinda (de novo)! Nao te conhecia, mas vi vc comentando em alguns blogs que acompanho e resolvi visitar o link q vc deixou :)
    Gostei da proposta e estarei acompanhando pois sinto falta de meninas negras na blogosfera e pessoas que sejam verdadeiras, livres de estereotipos!
    Se quiser conhecer meu blog: http://www.mydeadlybeauty.com/
    Lah falo desses temas manjados tbm, mas do meu proprio jeito. E tbm mesclo alguns outros assuntos. Escrevo em ingles, mas vc pode traduzir na barra lateral se quiser :)
    Ate a proxima! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma frase: apaixonada pelo teu blog! ♥♥♥

      Excluir
  6. Eu sou muito ligada ao tema moda e basicamente falo sobre isso no meu blog, mas tb coloco a diferença do q falo em relação a banalização do assunto. Isso deveria ser estudado, o boom dos blogs de moda frente a ditadura da blz. Tb acredito q pessoas como nós são desvalorizadas pela não padronização da aparência. Mas tb acredito q pessoas q poderiam escrever sobre outros assuntos tb estão por aí, mas a barra de pesquisa Google não nos deixa encontra-las. A blogosfera é muito grande.

    Tô vendo q encontrei um!

    Bisou

    Http://femmetoilet.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Moda não é ruim quando se sabe usar! Este é teu caso! AHUHAUH! É foda encontrar esses blogs por aí que forçam um conteúdo batido até demais. Espero que consiga fazer isso! ♥

      Excluir
  7. Seguindo, e estou APAIXONADA por isso tudo aqui <3
    adorei a temática do blog, e só de ler esse post percebi que temos MUITO em comum. Realmente é um porre essas porcarias poluindo a blogosfera, tu disse tudo. Tenho orgulho de ser da minha cor, mista, verdadeira brasileira! Odeio moda com fooorça haha me identifiquei contigo nisso, digo que meu estilo de vestir deve ser baseado em mim, no que gosto, não em tendências.
    Teu blog é diferente, já deu pra perceber. Parabéns e bem vinda! Mais uma pessoa que faz a diferença na blogosfera ♥
    Zombie Effect

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Auuwnt! É esse tipo de pessoa que me inspira! A moda corrompe quem nós somos realmente. Deixa a gente ficar pensando o que vão achar de nós lá fora. Pois é linda! Tamo junto nessa bagaça! Uhuuuu

      Excluir
  8. Concordo com sua opinião,estou meio saturada de ver certos padrões na blogsfera,sou da época que blogs tinham alma e template brega cheio de coisas piscando!Sou de uma família bem misturada,com loiras,morenas,negras e uma ruiva,não quero ver um rosto que não me representa,um texto tão forçado que dá até calafrios de ler,uma proximidade de simpatia que é falsa.Enfim,está atrasado,mas seja bem vinda :}

    Beijos

    www.madchenrosenrot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madchen, tu diva sambando na cara do recalque, mulher! Eu também sou assim. Eu digo que sou vira-lata. KEKEKEKE Menina eu tinha aqueles blogs com calendário e gifs coloridos sabe? huehuehrue ~toca aqui~

      Excluir
  9. acabei de conhecer seu blog e li ele inteiro. de certa forma, concordo com você de que muita gente deixa de se assumir seu estilo por padrões, regras impostas e o medo de quebrar isso. "O que os outros vão achar?" Mas discordo de que a moda prevaleça sobre a beleza europeia - assim digamos.estamos num mundo muito dividido, mas que cada vez mais as pessoas se tornam tolerantes. se você é você mesmo, uma pessoa vai ligar, vai ser contra, e tal, uma pelo menos vai gostar e o resto vai estar pouco se fodendo. mas adorei sua iniciativa, porque eu já vi muita gente falando que não conseguia assumir seu estilo porque seria estranho, porque ninguém aceitaria, uma pessoa negra tentando ter estilo? que bobagem... e acho que o que que vem tornando nosso mundo tolerante as diferenças é o modo como ela vem sendo exposta mundo afora. Todo mundo tem espaço para falar, para ser o que quiser, e outros vendo inspirações, veem como isso não é um bicho de sete cabeças.
    xxxxxxx, Duda
    http://apenasmaisumaxicaradecafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir