domingo, 7 de dezembro de 2014

Tranças Nagô: Dicas de Acordo com a Minha Experiência

Tranças Nagô
Minhas tranças nagô! :) Ignorem a cara inchada de sono, ultimamente não estou tendo sono e amanheço assim '0'
Que bom voltar aqui mais uma vez e saber que as coisas, a cada dia que passa, ficam melhores. Só tenho, mais uma vez, agradecer aos leitores, porque são vocês que fazem essa bagaça andar para frente. (*---*)

Ok, hoje eu resolvi contar (neste post enorme) a minha experiência com as famosas tranças nagô, que também são chamadas de tranças soltas (há também as rasteirinhas que são "coladas" na cabeça). E acreditem: tem gente que, misteriosamente, confunde elas com os dreads, mas ok né. 
Usei elas durante esses 6 meses (desde junho), já que estava em transição capilar por conta de uma maldita permanente afro, pois a idiota, nem sabia que a permanente era um alisamento na raiz. Achava que era um tipo de tratamento para diminuir o volume, tava louca para deixar ele crespo depois de anos de progressiva, daí faço essa cagada... Mas enfim, isso foi em 2011.
Tranças Nagô: transição capilar
Eu tinha que viver de chapinha no cabelo para poder sair, porque nem rolava ele metade liso metade cacheado. Dá para perceber bem o quanto ele estava quebradiço e com aspecto "palha". Esse foi o resultado das progressivas. .-.

Como Foi Fazer

Confesso que fiz com um pouco de medo, medo de ficar feio, medo de estragar com o que sobrou do meu cabelo. Mas vou dizer uma coisa para vocês: EU ME APAIXONEI.

Eu fui fazer lá na famosa Galeria do Rock, aqui no centro de São Paulo. Dentro da galeria vocês encontram praticamente todas as tribos ali, inclusive os salões rastas (ou rastafari). Muitas das moças que trabalham lá são africanas e jamaicanas, portanto elas entendem da coisa, né?

Daí elas me cobraram R$ 200 (meu mês todo de salário) para fazer as tranças em todo o cabelo durante 3 longas horas. Mas aí você deve pensar: nossa, 200 reais fazia uma hidratação no cabelo, cortava as pontas lisas, pintava e ainda sobraria uma grana. Mas eu acho que não estaria tão satisfeita como fiquei com as trancinhas. ;)

Bons Motivos para Gostar das Tranças Nagô

Primeira vez que não gastei tanto com shampoo, creme para pentear, leave-in, condicionador e os cambal. Pensa em tipo: acorda, olha pro espelho, #partiu rua. 

Pensa, você não precisa pentear, não precisa hidratar, não precisa usar creme! Uhuu, que vitória (pelo menos pra mim que não sou vaidosa). Foi caro fazer, foi, mas que valeu a pena ficar uns meses sem se preocupar com essas coisas, ah valeu sim.

Você pode fazer um penteado mais lindo que o outro. Pode usar turbantes, bandanas e headbands. Com poucos adereços você já está linda! Além disso, como se usa kanekalon para fazer as trancinhas, você pode usar a cor que quiser sem ter que pintar o cabelo! Acho que é o melhor motivo! 

Além de tudo, meu cabelo cresceu sim. Não cresceu tipo, OMFG... Mas deu uma crescida significante e consegui ficar livre das pontas lisas que restavam. \o/

Fora o estilo e o significado político de assumir as origens africanas, já que as tranças soltas são sinônimo da cultura e do grito das mulheres negras contra a chapinha e contra essa putaria que falam dos nossos cabelos.
Tranças Nagô
Jess, a vadia que não sabe nem tirar uma foto pré-rolê kkk pra que serve essas amizade

Mas Também há as Contras

Como tudo na vida, há sempre o lado bom e o ruim. Assim como os dreadlocks, as trancinhas estragam um pouco o cabelo, piora o frizz porque puxa muito e são pesadas dependendo do tamanho (a minha ia até a bunda). Incomodam um pouco para dormir, afinal elas são enormes e são durinhas. Daí eu tinha que fazer um coque gigantesco para dormir.

Além disso, se você não tomar cuidado e não tiver higiene ele começa a ficar com mau cheiro, isso fora as micoses, fungos e etc. Tem que lembrar que seu cabelo vai ficar juntinho ali durante meses, então aqueles locais que não recebem luz, ou seja, dentro dos tufinhos de cabelos, enchem de resíduos e fica feio se não lavar com cuidado, provocando caspa, seborreia e aquelas nojera tudo.

Há também outro ponto que considero ruim, principalmente para quem tem a raiz do cabelo lisa. Apesar de meu cabelo ser crespo, a raiz dele é naturalmente lisa e adivinha o que aconteceu? As trancinhas começaram a deslizar em menos de 1 mês. :(  #Bolada.

Não aconselho a quem tem o cabelo muito liso, porque não vai ficar a não ser que você tenha dinheiro para manter, caso contrário não faça ou vai ter que retocar a cada 15 dias.

É não é barato para remover. Eu fiz o processo em casa já eu tive que abandonar o meu trabalho em setembro por motivos de saúde, o que fez com que eu não tivesse dinheiro suficiente para mantê-las, muito menos para retirá-las. Resultado: PASSEI O DIA TODO tirando as trancinhas em casa. '-'

Tranças Nagô Transição
Muito bolada com a situação.

Conclusão

Eu gostei do resultado, gostei da impressão que elas passam sobre você ao mundo. Muitas pessoas me paravam na rua para me elogiar ou para perguntar aonde eu tinha feito. Enfim, isso sempre me deixava muito feliz! 

Apesar de caro, é uma boa alternativa para quem quer sair um pouco do óbvio. Eu tô louca para voltar a poder trabalhar logo porque quero colocar tranças rosas ou roxas, não sei ainda. 

Se você procura algo que lhe dê agilidade na hora de se arrumar sem perder o estilo, tá aí um palpite. Fica lindo em qualquer pessoa e nem vem com essa de não combina comigo. O negócio é questão de personalidade.

Enfim, post ENORME to horrorizada.
Beijos!

12 comentários:

  1. Em primeiro lugar: que blog maravilhoso que você tem. ♥

    Em segundo lugar (?): eu adooooro tranças nagô, elas são muuuuito lindas. Eu até faria, mas por algum motivo gostaria mais de dreadlocks, e não tenho dinheiro nem pra um, nem pra outro. :(

    Beijinhos ;*
    Phantasmagorik

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria! Bem-vinda! Obrigada pelo elogio, agradeço! Eu também curto mais os dreadlocks. Fiz as tranças como um teste mesmo para saber se eu aguentaria viver de dreads, hahahaha!

      E fazer dreads é bem caro mesmo, tem que ter um dinheirinho sobrando. Mas também a manutenção demora para acontecer, e os caras fazem um preço bacana se a gente chorar. Askpaokps

      Beijos!

      Excluir
  2. Uma vez eu fiz, mas como você disse para quem tem raiz lisa: não deu muito certo. Durou 15 dias, depois foi ficando feio, cheio de frizz e as trancinhas descendo. Eu gostei bastante, se pudesse faria de novo porque acho lindo (apesar do valor que paguei), mas pelo menos para mim teve muitos contras... melhor pensar antes :(


    www.escolhasalternativas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Angélica! Falou tudo! Tem o ponto bom de ser prático e bonito, mas há muitos pontos ruins, fora os fios quebrados que ficam na cabeça depois de tirar '-'

      Excluir
  3. Eu acho lindo, tenho um pouco de trauma com trança por conta da minha infância, cabelo crespo, e falta de paciência da minha mãe de pentear e talz, ela fazia várias tranças para evitar o trabalho de pentear o cabelo todo dia, e lembro que doía muito pra fazer e por vários dias ficava com couro cabeludo dolorido.
    Minha irmã e eu sofremos com isso, kkkk minha mãe e toda família dela tem cabelos lisos, mas meu pai e toda família dele tem carapinha legítima, como eles mesmo dizem, minha mãe realmente não sabia como cuidar do nosso cabelo, e naquela época nem tinha toda essa facilidade de cuidar dos cabelos crespos, era só pente de dente largo e Shen (um creme horrível pra cabelos da Avon) e com 7 pra 8 anos eu decidi que ia cuidar do meu cabelo sozinha, e nunca mais usei trança na vida, rs. Mas acho tão lindo!!!

    Nooossa!! contei a vida toda aqui kkkkk foi mal.

    E já te falei isso, acho teu cabelo lindo!

    Beijo
    |Blog ° Instagram ° WL Store|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, sofria do mesmo problema! Minha mãe vê tranças como a resolução de tudo, e isso sempre me irritou, afinal não conseguia soltar meu cabelo sem que ele estivesse cheio de trancinhas para domá-lo.

      Mas eu resolvi enfrentar o trauma das tranças e nunca acreditei que iria gostar tanto delas. E obrigada!!

      Excluir
  4. Cara eu já fiz isso no cabelo,a muiiiitos anos atrás,acho que eu tinha uns 12 anos,enchi o saco da minha mãe,e lá fomos nós!Caiu uma tempestade do cão no dia,mas como na época eu detestava pentear os cabelos,fiz!Eu amei,vivia com miçangas no cabelo e tal,era meio chato pra lavar e mesmo tomando cuidado eu ficava com caspa ¬¬,mas mesmo assim eu curti.Mas chorei quando tirei do cabelo,meu cabelo tava cheio de frizz e quebrado que só :[,eu não queria ir pra aula aquele dia,o meu melhor amigo ficou até preocupado comigo porque eu estava "calada".Mas se eu tivesse grana para manter,eu faria de novo,sem nem pensar,já que aqui tem muitos salões especializados!Minha mãe sabia cuidar do meu cabelo,era eu que não tinha paciência pra dor,ela puxava muito AHUAHAUAHAU

    Adorei o post!
    E nunca mais nessa vida alise o picumã ♥

    Beijos

    <a href="http://www.madchenrosenrot.com>Mädchen Rosenrot</a>

    ResponderExcluir
  5. Você é uma diva e ponto, porque conseguir cuidar e mantê-los lindos com todo esse trabalhão conspirando contra não é pra qualquer uma não! ♥


    universoasfixia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Gente, o que é o layout desse blog? Tô chocada com essas ilustrações maravilhosas, até procurei quem fez e vi que foi tu ali, enfim, ficou muito bom, mesmo Made. Eu acho bastante bonito, inclusive meu tio tinha e eu tentei colocar umas mas só uma mesmo sabe, pra depois colocar mais, daí meu professor da faculdade me chamou e disse que se eu continuasse, não iria ter mais nenhum emprego.

    Tô seguindo o blog! Vem conferir o meu também, se poder. Sobrelentes.blogspot

    ResponderExcluir
  7. Ameeeeeeeeeei ♥ super precisava da opinião de alguem que tivesse raiz lisa, tipo a minha e muito lisa e to querendo fazer essas tranças rosas, vou tentar né

    ResponderExcluir
  8. Oiii, eu uso essas tranças a 5 anos e amo!
    Cresce muito e estou sempre pronta pra tudo: trabalho, balada, casamento, formatura, padaria...
    Comecei a usar pra fazer a transição, meu cabelo era relaxado, dei até progressiva, mas depois de um corte de NAVALHA feio pro um suposto cabeleireiro, crescia e quebrava os montes. No início eu trançava com uma mulher, mas com 15 dias a trança folgava na raiz (e meu cabelo é crespo), ficava muito pesado e demorava dois dias (14 horas mais especificamente) para finalizar. Porém, eu só percebi isso quando fiz com uma outra pessoa, profissional, que além de faz uma trança mais bem feita, demora apenas 7 horas e usou dois pacotes de fibra a menos. Hoje, tou com a mesma profissional, meu cabelo era chanel e agora toca no meio das costas e voltou a ter o volume de quando eu era criança e perdi depois que usei relaxamento desde os 9 anos de idade. Resisto com unhas e dentes para não tirar! Modéstia a parte, faço o maior sucesso! Kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. Anônimo9/11/15

    Nossa eu já vi vários vídeos de tranças e tô loca pra fazer, o seu blog confesso tirou todas as minhas dúvidas, parabéns agora com certeza eu vou fazer agora sem medo..

    ResponderExcluir