quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Confissões de uma blogueira de 2006

Batom sempre zoado e.e
Este PC é da minha irmã, e enquanto o meu não sai eu vou postar por aqui quando der. :) Ultimamente ando percebendo como a blogosfera mudou. Eu, que sou blogueira das antigooonas mesmo, tipo 2005/2006... daquela época que quando você falava "ah, eu sou blogueira", todo mundo respondia em coro: "você é o quêê?" (kkkkk). Que os blogs eram cheios de frufru, tinha selinho para o blog mais bonito, faziamos promoção de templates de famosos e quanto mais comentários tinha um blog, mais importância ele tinha na blogosfera (hoje são as curtidas que mostram isso). Eu aprendi tudo de web design naquela época, com mais ou menos 11 anos.

Eu tinha um blog bem patricinha dark, cheio de brilhos e acreditem se quiser, meu blog chegou até ser famoso naquela época. Tinha muitoooos comentários, muita gente o elogiava. Daí depois fiquei 3 ou 4 anos fazendo blogs sem nexo, por conta da escola, meus problemas e a depressão, voltando mesmo somente em 2014. Hoje em dia, ao chegar como veterana desatualizada, percebo que todo mundo quer ser blogueiro, todo mundo quer postar o que acha de tal produto e tal marca, resenhas infinitas, gurus ali e acolá, uma bomba (imensa) de youtubers e blogueiros invadem todos os dias nossos computadores.

Até aí tudo bem, beleza, todo mundo pode ser blogueiro e tal. Não me importo que as pessoas criem vontade de escrever sobre suas opiniões, até porque esse é o ponto bom da internet, as pessoas tem liberdade para falar tudo o que quiser, sem censuras. Mas o problema começa quando a gente abre uma página na internet e tem uma estranha sensação de que já viu aquela página anteriormente, sem nunca mesmo ter visitado tal página.

Isso ocorre porque... infelizmente as pessoas perderam a criatividade. Na verdade as pessoas brigam por um espaço na internet, como se fosse uma verdadeira fórmula: crie um blog, crie um canal no youtube, fale das coisas que todo blogueiro famoso comenta, ostente e luxe com maquiagens caríssimas e você será um sucesso. Isso não é engraçado, isso é triste... todo mundo quer falar sempre da mesma coisa, fazer resenhas dos mesmos produtos e até querer demonstrar ser melhor que todo mundo, como foi o caso de uma blogueira famosa aí que falou que blogueira feia, gorda e pobre não tem sucesso.

Em outro ponto, eu até acho interessante essa inserção do youtube nos blogs. Assim a gente "sente" melhor quem tá escrevendo, tanto que pensei em criar um canal para o Madessy, assim vocês me vendo acho que posso desenvolver melhor os posts e até mostrar os ootds que ando planejando, mas pela falta de tempo (enem 24 e 25 que o diga) acabo adiando e adiando. É triste, mas eu não pretendo deixar o blog assim, ano que vem, se tudo der certo (e vai dar) estarei na faculdade e talvez (ou não) menos estressada do que ando atualmente.

Mas voltando ao assunto dos blogs de hoje, eu fico um pouco desorientada, pois sei que os leitores de hoje não são iguais aos de 2006. Muita gente conheceu o significado de um "blog" depois do sucesso de grandes blogueiras de moda e maquiagem, como a Camila Coelho por exemplo, às pessoas estão acostumadas a ler resenhas, fazer ootds e isso não era o que eu fazia em 2006, o que eu escrevia era sobre as pessoas, sobre a vida e tal. Não estou acostumada com estas "tecnologias" ahsuahsaus

Portanto deem um tempo para a blogueira desatualizada aqui, porque até no web design (que é a única coisa que eu sei fazer) eu estou um pouco perdida. Agora temos blogs para celulares e tablets, é tudo muito novo para mim, por incrível que pareça.

Enfim, é isso. :)
Beijos!

7 comentários:

  1. " Muita gente conheceu o significado de um "blog" depois do sucesso de grandes blogueiras de moda e maquiagem, como a Camila Coelho por exemplo, às pessoas estão acostumadas a ler resenhas, fazer ootds e isso não era o que eu fazia em 2006, o que eu escrevia era sobre as pessoas, sobre a vida e tal. "

    Realmente, eu sinto falta de blogs assim e quando descobri o seu gostei, bom saber que poucas pessoas ainda fazem blogs da época de 2005. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Fico muito contente! *-* Que bom que ainda existem leitores dos velhos tempos heuahueha
      Beijos!

      Excluir
  2. Como o tempo muda as coisas, né!? ^^
    Eu gosto de ler todos os tipos de blog, seja moda e maquiagem, seja comportamento, seja desabafos ou outros textos quaisquer. Mas uma coisa você ta certa, a maioria perdeu a criatividade ou tem medo de inovar. As resenhas são sempre sobre os mesmos produtos, os looks são todos parecidos e por aí vai.
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A internet tá sempre surpreendendo com as modificações. Num ponto é bom, porque senão enjoa, mas em outro ponto tudo fica tão banal que antes de você gostar já saiu "de moda". ahuashuhas

      Excluir
  3. Sou da época que dependendo do que eu fosse postar precisava usar um sistema com base html/csc , e se erra-se perdia todo o posts hahhahaha , muitos dos blogs que eu lia acabaram de uma hora para outra , eu lembro que tinha varias plaquinhas do Nightwish ( era Tarja) em meu blog , resumindo as pessoas estão tão ocupadas querendo ganhar grana com o blog que esquece que pessoas de carne e osso não querem maquiagens caras ou roupas da semana , elas apenas querem ALGUÉM QUE ME DE APOIO E ME ENTENDE DO OUTRO LADO DO COMPUTADOR ^^

    http://jessicavenenoofficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssicaaa, nossa isso me fez lembrar um dia em que chorei litros em frente ao pc porque tinha perdido todo o css do meu blog ahushaushuahsuahsu mel dels que dia foi aquele.
      Nem me fale de plaquinhas, me dá uma saudade daquilo, cara! Era muito legal *_*

      Você falou tudo! Hoje em dias as pessoas tão preocupadas em ganhar dinheiro em cima de blog, tão pouco se lixando para quem o lê. Eu sinto muita falta disso, infelizmente as pessoas estão a cada dia mais materialistas.

      Excluir
  4. Eu tinha um blog muitos anos atrás, que usava como diário. Sempre tinha alguém querendo que eu fizesse dinheiro com ele, e eu ficava puta com isso. Tudo vira dinheiro, capitalismo, mercantilismo. Isso me enche.
    Longa vida às blogueiras de 2006, e às vidas de blog vindos do nosso íntimo.
    Beijos!

    ResponderExcluir